Português Italian English Spanish

Caminhão a 140 km/h bate na traseira de moto e mata passageira em Aragarças; família pede ajuda para sepultar jovem

Caminhão a 140 km/h bate na traseira de moto e mata passageira em Aragarças; família pede ajuda para sepultar jovem

25/06/2019

Uma mulher de 30 anos de idade, identificada como Maiara, morreu na manhã de segunda-feira (24/6) em um acidente de trânsito na Br-158, próximo a Aragarças-GO, na divisa com Mato Grosso. Ela era passageira da moto que foi atingida por um caminhão frigorífico.

Um casal seguia de moto, uma Honda CG, vindo da festa de São João em Bom Jardim para Aragarças, quando o caminhão carregado com carne bovina, que seguia na mesma direção, colidiu na traseira, levando a passageira a óbito no local. O disco do tacógrafo apontou que o caminhão estava a 140km/h no momento do acidente.

O condutor da moto sofreu ferimentos graves e foi socorrido ao hospital de Aragarças. Ele não possui habilitação e disse aos policiais trabalha como lavrador em uma fazenda da região para onde seguia.

Na delegacia da polícia civil de Aragarças, o motorista do caminhão e o motociclista prestaram depoimentos ao delegado e fizeram o teste do etilômetro, que não indicou teor alcoólico em nenhum dos dois.

Durante o feriado, o grupo de motociclistas da PRF atuou na região fazendo o policiamento, atendimento e prevenção de acidentes. De quinta a domingo os policiais rodoviários federais flagraram mais de 900 infrações de trânsito 19 condutores de motocicletas sem habilitação.
 
Sem condições para sepultar jovem

Vaelson que estava pilotando a moto disse que estava namorado com Maiara. Ele explicou que a família não tem condições de pagar a funerária que está pedindo R$ 2.900,00 para preparar o corpo e fazer o enterro. O corpo da mulher foi levado de Aragarças para Barra do Garças por causa da necessidade de preservá-lo numa câmara-fria. A família de Maiara é do estado do Pará e também não tem condições de levar o corpo para aquele estado e com isso a tendência é que ela seja sepultada em Aragarças mesmo.

A família de Vaelson gravou um vídeo com Magal, do Giro de Notícia , pedindo ajuda para bancar as despesas do sepultamento. Quem puder colaborar pode ligar no telefone (64) 9 9218 1630 com a Maria de Jesus, que é irmã do Vaelson, e está auxiliando a família neste momento.

Lamentamos a morte desta jovem e esperamos a apuração da polícia sobre excesso de velocidade do caminhão que bateu na traseira da moto que estava Maiara.

 

Araguaia Notícia

 

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS