Português Italian English Spanish

Deputados ignoram apelo do governador e derrubam vetos na lei dos incentivos ouça

Deputados ignoram apelo do governador e derrubam vetos na lei dos incentivos ouça


28/11/2019

O apelo do governador Mauro Mendes (DEM), que chegou a enviar áudio no grupo de Whatsapp dos integrantes da base governista, não foi suficiente para sensibilizar a maioria dos deputados estaduais. Os parlamentares derrubaram dois dos quatro vetos do Executivo ao artigos do Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial (Prodeic) de Mato Grosso. A Lei Complementar 532019, que reinstitui os incentivos fiscais e promove correções no recolhimento do ICMS, foi aprovada pela Assembleia em julho deste ano e sancionada pelo democrata no mesmo mês.

No áudio, Mauro diz que a derrubada dos vetos pode causar prejuízo ao Estado na ordem de R$ 430 milhões. Afirma ainda que a decisão dos parlamentares inviabiliza o programa de incentivos fiscais do Estado, deve provocar guerra jurídica e beneficiar sonegadores.

“Eu respeito a autonomia de cada um dos senhores, mas é um grande equívoco e um desserviço ao Estado de Mato Grosso. Estaríamos perdoando dívida de R$ 430 milhões só de algumas empresas. Mais de R$ 400 milhões de dívidas serão perdoadas. Isso vai criar um transtorno gigantesco no programa de incentivos fiscais, inviabilizando”, diz Mauro no áudio.

“Fica na consciência de vocês. Isso vai trazer consequências para Mato Grosso essa decisão que está na mão de vocês. Não tem a menor lógica fazer isso. Isso vai prejudicar muito nosso programa de incentivos fiscais e trazer benefícios para quem não merece e vai beneficiar grandes sonegadores no Estado de Mato Grosso”, completa o governador.

Um dos vetos foi derrubado na noite dessa terça (26), o que fez o governador enviar a mensagem aos parlamentares. O outro foi derrubado nas sessões realizadas hoje (27).

O resultado das votações, que foram secretas, foi 13 a 8 e 12 a 8, respectivamente. Os votos foram secretos, o que impossibilita identificar os deputados governistas que não atenderam ao apelo de Mauro.

O  líder do Governo na Assembleia, deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM), lamentou a decisão dos colegas. Lembrou que Mauro está cumprindo agenda no Maranhão e aguarda seu retorno para saber qual providência será adotada.

“Eu fiz minha parte, pedi, apelei, mas os deputados não atenderam. Além do prejuízo financeiro para o Estado, isso vai gerar um transtorno muito grande para a Casa. Uma das saídas que eu vejo é a judicialização”, lamentou.

Ouça o áudio de Mauro enviado aos deputados:

Jacques Gosch

Dilmar explica que,  devido ao prejuízo de R$ 430 milhões apontado pelo governador, será necessário promover alterações no Plano Plurianual (PPA), na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO). A Lei Orçamentária Anual (LOA), que sequer foi aprovada, também deve sofrer impacto.

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS