Português Italian English Spanish

Durante inauguração da última etapa do HMC, Emanuel reúne Mauro, Blairo e Taques

Durante inauguração da última etapa do HMC, Emanuel reúne Mauro, Blairo e Taques

1911/2019

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), inaugurou na noite desta segunda-feira (18) a sexta e última etapa do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), ao lado do governador Mauro Mendes (DEM) e outras autoridades. Emanuel conseguiu reunir toda a bancada federal, estadual, e os ex-governadores Júlio Campos (DEM), Jayme Campos (DEM), Carlos Bezerra (MDB), Blairo Maggi, Pedro Taques e o atual governador Mauro Mendes (DEM). O vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (Podemos), no entanto, não compareceu ao evento.
 
A última etapa da inauguração consiste em mais 20 leitos de UTI, cinco salas cirúrgicas, centro de esterilização de materiais, heliporto e os atendimentos de urgência e emergência no novo Pronto Socorro. A partir desta terça-feira (19) as equipes de plantão já passam a atuar no novo Pronto Socorro.
 
O prefeito Emanuel Pinheiro fez o anúncio da última etapa ao lado do deputado federal Emanuelzinho (PTB), do ex-ministro Blairo Maggi e do governador Mauro Mendes. O prefeito disse estar se sentindo realizado com a conclusão deste trabalho. Ele agradeceu ao ex-governador Pedro Taques e ao governador Mauro Mendes.

“É um sentimento de realização, de missão cumprida, uma alegria muito grande, uma obra importantíssima, a maior obra em saúde pública da história do Estado, iniciada pelo então prefeito Mauro Mendes, e que foi dada sequência na nossa gestão com muita luta, muito trabalho, e muito apoio da bancada federal, tivemos apoio do então governador Pedro Taques, que cumpriu o compromisso do Estado em fechar em R$ 50 milhões, do ministro Blairo Maggi, o grande responsável pela liberação dos R$ 100 milhões do Chave de Ouro, com apoio do senador Wellington Fagundes, e é claro o presidente Michel Temer, que acreditou no projeto, acreditou na proposta do HMC, e nos liberou os R$ 100 milhões necessários para concluir a obra física, e para equipar e mobiliar o Hospital Municipal de Cuiabá”
 
Emanuel afirmou ainda que o antigo Pronto Socorro continuará atendendo casos de urgência e emergência por mais 100 dias, apenas para aquelas pessoas que ainda não sabem a localização do novo HMC ou que não tiveram conhecimento que é lá onde funciona o novo Pronto Socorro. Os casos atendidos por SAMU e ambulâncias serão encaminhados diretamente ao HMC.


        

       

        

        

Da Redação - Vinicius Mendes / Da Reportagem Local - Érika Oliveira

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS