Português Italian English Spanish

Mato Grosso registra o maior número de focos de calor em 8 anos

Mato Grosso registra o maior número de focos de calor em 8 anos

20/09/2019

Mato Grosso registrou o maior número de focos de calor dos últimos 8 anos, com 25.552. É o maior número de focos no período de 1º de janeiro a 18 de setembro desde 2011.

 

 

 

 

 

 

Desde o início do período proibitivo, em 15 de julho, os municípios mais atingidos foram Colniza (1.065 km a nordeste de Cuiabá), Aripuanã (1.002 km a noroeste), Marcelândia (710 km ao norte), Santa Terezinha (1.312 km a nordeste), Nova Nazaré (269 km a leste) e Paranatinga (373 km ao sul).

Há mais de 4 meses sem chuva substancial, o problema ficou ainda mais grave em setembro, por causa das altas temperaturas e a baixa umidade, fatores que favorecem a proliferação dos incêndios florestais.

Para se ter uma ideia, de 1º a 18 de setembro foram 8.746 focos de fogo. No mesmo período em 2018, foram 5.617, o que representa um aumento de 55,7% em 2019.

De acordo com o Inpe, na quarta-feira (18), o município mato-grossense que mais teve focos de calor fio Cocalinho (923 km a leste), com 61 registros. Mesmo assim, a situação é considerada crítica, por causa do alto risco de fogo em mais de 80% de Mato Grosso.

 

 

 

Thalyta Amaral

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS