Português Italian English Spanish

Cocalinho (MT) - Ibama apreende madeira ilegal e aplica R$ 4,7 milhões em multas em 20 fazendas (atualizada)

Cocalinho (MT) - Ibama apreende madeira ilegal e aplica R$ 4,7 milhões em multas em 20 fazendas (atualizada)

18/09/2019

Uma operação do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e Recursos Renováveis (Ibama) apreendeu madeira ilegal, maquinários e aplicou mais de R$ 4,7 milhões em multas em 20 propriedades entre os municípios de Cocalinho e Nova Nazaré, respectivamente.

Os fiscais suspeitam que a madeira tenha sido extraída da Terra Indígena Areões. É a mesma terra que foi devastada por uma queimada entre maio e agosto. Naquela ocasião, o Ibama tentou identificar os responsáveis pela destruição de 219 mil hectares da reserva indígena.

A ação, que é um seguimento da Operação Siriema, começou nos últimos dias e deve ser realizada até sexta-feira (20). Ninguém foi preso até o momento.

O Ibama informou que a operação, até essa terça-feira (17), vistoriou mais de 8,8 mil hectares em 20 propriedades. Dessas, 17 foram autuadas, receberam termos de embargo e apreensão e outras penalidades.

Maquinários foram apreendidos pelo Ibama em Mato Grosso — Foto: Ibama/Divulgação

Maquinários foram apreendidos pelo Ibama em Mato Grosso — Foto: Ibama/Divulgação

Foram embargadas 4,5 mil hectares de área e um total de R$ 4,7 milhões em multas por crimes ambientais.

A continuação da operação tentava localizar quem comprou a madeira ilegal e quem financiou o desmatamento.

Imagem mostra resultado das queimadas na Terra Indígena (TI) Areões, no município de Nova Nazaré (MT) — Foto: Ibama/Divulgação

Imagem mostra resultado das queimadas na Terra Indígena (TI) Areões, no município de Nova Nazaré (MT) — Foto: Ibama/Divulgação

Em uma das fazendas, especializada em criação de animais e exploração florestal, os agentes encontraram 110 mil hectares desmatados ilegalmente. A área de mais de mil hectares foi embargada e o dono recebeu multa de mais de R$ 1 milhão.

A multa é tanto pelo desmate quanto pelo depósito da madeira. Maquinários usados no desmatamento também foram apreendidos e levados para prefeituras. Já a madeira foi apreendida e doada às autoridades de segurança.

Foto mostra desmatamento ilegal encontrado pelo Ibama em Mato Grosso — Foto: Ibama/Divulgação

Foto mostra desmatamento ilegal encontrado pelo Ibama em Mato Grosso — Foto: Ibama/Divulgação

O material deve ser leiloado e o recurso, futuramente, usado para instalações de combate aos crimes ambientais.

De acordo com o Ibama, a região de Cocalinho é uma área considerada de extrema importância por ser a principal região da planície aluvial, ou seja, onde os sedimentos dos rios são rapidamente despejados. A gestão do território repercute diretamente na vazão do Rio Araguaia.

Atualização AguaBoaNews às 20h00 - Em uma Agropecuária que possui área total de (CAR): 110.000 hectares, flagrante de desmatamento: área desmatada autuada e Embargada: 1.050 hectares valor da multa R$1.051.000,00.

Investigação sobre a aquisição de madeira comercializada de Terra indígena Areões. Madeira apreendida vai a leilão pela PMMT e os tratores aguardarão julgamento administrativo e foram depositados junto a prefeitura de Barra do Garças.

Postes para cerca autuados apreendidos e depositados para o Consegue Cocalinho: 5.377 unidades Valor da Multa : 34.407,90

Cocalinho (MT) - Ibama apreende madeira ilegal e aplica R$ 4,7 milhões em multas em 20 fazendas (atualizada)

Denise Soares, G1 MT

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS