Português Italian English Spanish

'O crime não compensa', diz Silval que já arrumou trabalho

'O crime não compensa', diz Silval que já arrumou trabalho


Colocado em regime semiaberto na tarde desta terça-feira (21), o ex-governador Silval Barbosa se declarou arrependido dos crimes que cometeu e frisou: "o crime não compensa".

Cumprindo cautelares como uso de tornozeleira de monitoramento, recolhimento noturno, proibição de frequentar bares, de sair da comarca, ele deve comprovar trabalho para que não volte para a prisão. Também. Ao pode quebrar as regras impostas pelo juiz Geraldo Fidelis, da segunda vara criminal de Cuiabá.

"Vou trabalhar na empresa da família. Sou bacharel em Direito e vou voltar a cuidar do grupo de comunicação", disse o governador após sair da audiência. A família de Silval é dona de várias emissoras de rádio e televisão no interior de Mato Grosso.

Questionado se ele imaginava estar nessa condição, três anos após ser preso, o ex-governador afirma que não. "Continuo usando tornozeleira, tenho mais pena a cumprir. Não e nada confortável", relata.
 

Silval chegou e saiu do fórum acompanhado pelo advogado Válber Melo.

O jurista ressaltou que Silval deve permanecer residindo em Cuiabá e que dia ida á Matupá foi temporária.
Sobre os pedidos de remissão de pena por conta dos livros que Silval leu e cursos que fez, a defesa afirma o que ainda faltam alguns certificados originais a serem anexados ao processo para que o juiz avalie a solicitação.

Vídeo

Jessica Bachega

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS