Português Italian English Spanish

Índios fazem funcionários de reféns e pedem por saída de coordenador

Índios fazem funcionários de reféns e pedem por saída de coordenador

Data de Publicação: 14 de maio de 2019

Funcionários do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) foram feitos de reféns por 44 índios da etnia Enawenê Nawê, vindos da aldeia Halataikwa, em Juína (735 km a noroeste de Cuiabá), por volta das 7h30 desta terça-feira (14). Eles pedem pela saída do coordenador de saúde indígena, Argon Norberto Hachmann.

Cerca de 120 funcionários ficaram, pelo menos, cerca de 6 horas trancados na instituição. Eles foram liberados para comer, porém sem sair do local. Depois do fato, cerca de 20 terceirizados continuaram trabalhando e os demais foram liberados.

Indígenas reivindicam pela melhoria nos medicamentos e carros mais altos para atender na saúde das aldeias.

Polícia Federal e Polícia Militar estiveram no local para intermediar a situação. Coordenador e representantes indígenas estão em uma reunião de conciliação no Ministério Público Estadual (MPE).

Distritos Sanitários Especiais Indígenas (DSEI) são unidades de responsabilidade sanitária federal correspondentes a uma ou mais terras indígenas a fim de atender às especificidades da atenção intercultural em saúde.    

 

 

Ana Flávia Corrêa e Gizele Carvalho

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS