Português Italian English Spanish

Polícia Civil e Sema realizam operação para apurar infrações ambientais no Araguaia

Polícia Civil e Sema realizam operação para apurar infrações ambientais no Araguaia


24/09/2022

Policiais civis de Nova Xavantina e de Campinápolis, em conjunto com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Barra do Garças realizou, nesta semana, operação conjunta para apurar infrações penais e administrativas contra o meio ambiente no município de Campinápolis/MT.

Durante a operação, os policiais civis e os fiscais da SEMA efetuaram diligências na região do distrito de São José do Couto e do assentamento ‘Noidorinho’.
 
Em uma grande fazenda próxima ao distrito de São José do Couto, foi flagrada a construção irregular de uma ponte de concreto sobre o Rio Couto Magalhães, edificada em substituição a uma antiga ponte de madeira existente no local. Após a análise da documentação apresentada pelos funcionários da fazenda aos fiscais da SEMA, constatou-se que se tratava de uma obra irregular, já que não havia a devida autorização ambiental para obra.
 
Em razão desta irregularidade, a obra foi embargada/paralisada pela SEMA até que a situação seja devidamente regularizada. Além desta irregularidade administrativa, a Polícia Civil também irá apurar a possível ocorrência de crime ambiental no local.
 
Ainda durante a operação, na outra extremidade do município de Campinápolis, em uma fazenda na região do assentamento ‘Noidorinho’, as equipes constataram o desmatamento ilegal em uma área de mais de 800 hectares. Neste local, em razão da irregularidade ambiental constatada, a equipe da SEMA também realizou os procedimentos administrativos cabíveis.

Nesta fazenda, a Polícia Civil, além de apurar possível ocorrência de crime ambiental em razão do desmatamento da área, também flagrou ocorrência do crime de armazenamento irregular de combustível que era utilizado pelo maquinário da fazenda, bem como foi localizada uma arma de fogo do tipo rifle calibre .22, com carregador e duas munições, irregularmente mantidos naquela propriedade, razão pela qual a arma de fogo foi apreendida.
 
Diante de todas essas irregulares, serão tomadas as medidas cabíveis no âmbito administrativo junto a SEMA, bem como serão apuradas pela Delegacia de Polícia Civil de Campinápolis a infrações criminais constatadas em desfavor do meio ambiente.

 

 

Redação

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS