Português Italian English Spanish

Mulher foi mantida presa durante dois meses sem luz e água

Mulher foi mantida presa durante dois meses sem luz e água


19/05/2022

Uma mulher, de 33 anos, foi resgatada, nesta terça-feira (17), após ter sido mantida presa por dois meses sem energia e água pelo parceiro, de 35 anos, em Aparecida do Taboado, a 442 km de Campo Grande. O homem foi preso em flagrante.

De acordo com a Polícia Civil do município, a porta do imóvel era bloqueada com diversos objetos, dificultando a abertura. Em depoimento, a vítima disse que estava sendo mantida no interior do imóvel há mais de dois meses, sendo agredida pelos suspeito com socos, chutes e pauladas.

A vítima disse ainda que o parceiro é usuário de drogas e vendeu todos os móveis da casa para comprar entorpecentes. Para a polícia, ela contou que para sair do local, o companheiro pegava uma escada para subir no telhado, evitando assim de retirar os objetos da porta e facilitar sua fuga.

No local, a polícia verificou que a mulher vivia em condições insalubres, sem energia, água encanada ou higiene.

A mulher foi encaminhada o pronto socorro com lesões por todo o corpo, inclusive na região do crânio, proveniente dos golpes com pedaço de pau. O homem foi levado em flagrante para a delegacia de Aparecida do Taboado, onde permanece preso.

 

 

G1

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS