Português Italian English Spanish

Sob lágrimas, empresário afirma que Pedro Taques acabou com sua vida

Sob lágrimas, empresário afirma que Pedro Taques acabou com sua vida


Ex-procurador da República foi o autor da denúncia contra Josino, apontado como mandante da morte do juiz Leopoldino em 1999

"Pedro taques acabou com minha vida", afirma, sob lágrimas, o empresário Josino Pereira Guimarães no segundo dia do julgamento do Tribunal do Júri a seu desfavor. Ele é acusado de ser o mandante da morte do juiz Leopoldino Marques do Amaral em 1999. Taques, que foi procurador da República do Ministério Público Federal (MPF), foi quem ofereceu a denúncia contra Josino por suposta prática de homicídio.

"Fez muita pressão para cima de mim, me levavam várias vezes para PF [Polícia Federal e nem me ouvia. Chamava a imprensa para tirar foto. Era só para eu aparecer na televisão. Arrebentou com minha vida, minha família e com a empresa”, completa no início da noite desta terça (22).

O empresário diz que Taques fez com que ele fosse seis vezes ao MPF e que, usando uma figura de linguagem, o então procurador jogava uma “carreta” em cima dele.

No depoimento, Josino falou que era "zero" sua ligação com o sargento José Jesus de Freitas, que afirmou ter recebido proposta do empresário para matar Leopoldino. O policial foi assassinado em 2002. “Eu via as notícias. Ele era um bandido. Como vou aproximar de uma pessoa dessa?", disse.

Também negou qualquer relação com Beatriz Árias, que trabalhou com Leopoldino no Fórum de Cuiabá, e seu tio Marcos Peralta, que são acusados de fazer com que o juiz caísse em uma emboscada ou até de sequestraram-no. Peralta, que seria o autor dos disparos que matou o juiz, morreu na prisão 2005. Já Beatriz foi sentenciada a 12 anos, sendo a única condenada no caso todo, por ter contratado o serviço do tio.

O empresário negou ainda a suspeita de ter oferecido dinheiro para calar Beatriz e de ter procurado o sargento Jesus para dar um “arroxo” no dono de uma construtora.

Ainda durante o depoimento, Josino negou uma visita do megatraficante Fernandinho Beira Mar em uma fazenda de sua propriedade em Chapada dos Guimarães. Ele disse que nunca teve uma fazenda no município, mas um imóvel no centro da cidade. Negou também que nunca viu o criminoso.

O MPF perguntou a Josino por que Leopoldino o apontou como operador de venda de sentenças. "Deve ser por conta da minha relação com os desembargadores e juízes", respondeu. Uma das causas para a morte do juiz é por conta de denúncias, levantas pelo próprio magistrado, de esquemas e fraudes no Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

Leopoldino teria apontado crimes como o de assédio sexual, casos de nepotismo, venda de sentenças e até mesmo envolvimento dos desembargadores com traficantes bolivianos. A denúncia atingia 15 dos 21 desembargadores da época, além de alguns juízes.

Na época, os conteúdos iam servir como base para as investigações de uma Comissão Parlamentar de Inquérito no Senado Federal, que ficou conhecida como CPI do Judiciário. Ele foi morto uma semana antes da data marca para depor no Congresso. O corpo do juiz Leopoldino foi encontrado carbonizado e com sinais de perfurações de disparos de arma de fogo, em uma estrada vicinal na fronteira do Paraguai, em 1999.

O segundo dia do Tribunal do Júri vai terminar com o depoimento do empresário. Apesar da esperança de conseguir reaver a absolvição, dada pelo júri em 2011, a 5ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o pedido. Assim, o julgamento será retomado na manhã desta quarta (23), com as palavras finais da acusação e da defesa e a sentença em seguida.

 

 

Allan Pereira

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS