Português Italian English Spanish

“O mais cruel e mais sádico que já vi na minha vida”, diz delegado sobre crime contra casal morto com 64 facadas

“O mais cruel e mais sádico que já vi na minha vida”, diz delegado sobre crime contra casal morto com 64 facadas


14/12/2021

O delegado Marcel Gomes, da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), fez um relato sobre a cena de crime onde foram encontrados os corpos de Ana Paula Batista, de 40 anos, e do namorado dela, Sebastião da Silva, 41. Ambos foram mortos com um total de 64 facadas (a informação anterior era de 50), por Roberto Epifanio, proprietário de um ‘espetinho’ na região do Pedra 90, em Cuiabá. O feminicídio e homicídio ocorreram no bairro São Francisco, na madrugada deste domingo (12).

“Eu já estou há um tempo na Delegacia de Homicídios e falou que foi a pior cena, o pior homicídio, mais cruel, mais sádico que já vi na minha vida. Você percebe que as vítimas já se encontravam mortas e ainda assim, foram colocadas em determinadas posições e receberam diversas facadas nas costas, o que contabiliza um total de 64 facadas, 31 na mulher e 33 no homem”, relatou na manhã desta segunda-feira (13). Ana Paula e Sebastião foram encontrados um ao lado do outro, caídos no chão, perto da cama.

Sobre o corpo de Ana Paula, o delegado que preside o inquérito afirma que foram encontradas lesões dos pés à cabeça. “Se você parar para analisar a dinâmica do corpo humano, tem facada dos pés a cabeça. Tem nas costas, pescoço, braços, mãos, o que indicam lesões de defesa, uma reação normal do próprio ser humano. Se outra pessoa vem para cima de você, sua primeira reação é tentar impedir que ele golpe chegue até você, justamente com os braços. Se constata isso na Ana Paula, diversas lesões nos braços e mãos. Mas você também verifica facadas fatais como, por exemplo, região do pescoço, peito, tórax, região das costas, barriga, perna, abdômen, braços, pé, tudo que você imaginar”, pontua.

Já com relação aos golpes encontrados no corpo de Sebastião, não há sinal de luta corporal. “Pelo contrário, indica uma surpresa. Há indícios de arrombamento na porta da residência. Provavelmente as vítimas foram pegas totalmente desprevenidas em cima da cama. Naquele momento que se abre a porta, já está ao lado da cama, então com certeza com a faca na mão, ele começa a realizar os golpes fatais contra as vítimas”, diz.
 
Suspeitas de abusos

Ana Paula teria terminado o relacionamento de 13 anos com Roberto Epifanio, depois de supostos abusos cometidos pelo suspeito contra as duas filhas dela. “Existe essa informação de que Ana Paula teria flagrado em duas situações ele [Roberto] se masturbando para as meninas”, explicou delegado.
 
“Se constatado a veracidade dos fatos, eu pego cópia de todo procedimento e encaminho para Delegacia de Defesa da Mulher para estar apurando se na época dos fatos elas eram menores de idade. Enfim, temos que analisar tudo isso para saber para onde será feito o encaminhamento”.

 

 

Da Redação - Fabiana Mendes

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS