Português Italian English Spanish

Prefeito chama servidor de preguiçoso: "Por isso o Brasil está assim"

Prefeito chama servidor de preguiçoso: "Por isso o Brasil está assim"


24/08/2021

O prefeito de Pontes e Lacerda (450 km de Cuiabá), Alcino Barcelos (Republicanos), se envolveu em polêmica na manhã desta segunda-feira (23), depois de ser filmado chamando um servidor da Secretaria de Obras de "preguiçoso".

A discussão se deu porque, segundo o prefeito, ele teria sido informado, ainda de manhã, de que alguns funcionários da Pasta não iriam trabalhar em razão de uma briga pessoal com um servidor comissionado, também lotado no setor de Obras.

O prefeito, então, foi até o pátio da secretaria, e deu ao grupo 10 minutos para que começassem o trabalho, do contrário, faria o desconto do dia não trabalhado no pagamento. Barcelos disse, ainda, que faria a transferência de alguns funcionários para outro setor, e avaliou que "depois que algumas pessoas chegaram, o trem bagunçou".

Ocorre que, durante a fala aos funcionários, Barcelos foi questionado se ele não iria ouvir a "outra versão". Então, o prefeito disse: "Não, muito obrigado. Você é uma pessoa que não trabalha, que não corresponde. Você é um preguiçoso".

O caso foi gravado em vídeo, que passou a viralizar nesta manhã.

Depois da repercussão, já no início da tarde, o prefeito gravou um depoimento contando sua versão do acontecido. Ele explicou que soube da "paralisação" de alguns funcionários em razão da briga pessoal e que, por isso, foi cobrar os servidores.

Nas imagens, ele confirma que teria chamado um servidor de preguiçoso, diz que o funcionário não soma com a Pasta e acrescentou: "Você acha justo nossos maquinários, caminhões, caminhões pipas, patrolas, carregadeiras, ficarem parados por causa de problema pessoal de algum servidor com outro? Não podemos mais deixar acontecer isso, principalmente no serviço público".

O prefeito ainda tentou remediar, elogiando "a maioria dos servidores da Secretaria de Obras", e ressaltando que, às vezes, os funcionários trabalham no fim de semana e feriado, recebendo hora extra, para o desenvolvimento da cidade.

"Precisamos entender que estamos aqui para servir. Agora, por causa de um, dois ou três, não podemos pagar, e nem deixar de ter progresso em nosso município [...] Nós recebemos para isso. Se você tem alguma reclamação, põe no papel, reclama, denuncia. Nós estamos aqui para trabalhar, somos pagos para isso, e temos que dar resposta ao nosso salário. É por causa de servidores como esse, que eu chamei de preguiçoso, que o Brasil às vezes está assim", finalizou.

Veja o vídeo gravado pelos funcionários:

CAMILLA ZENI
DA REDAÇÃO

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS