Português Italian English Spanish

Acusado de matar ex na frente do filho em MT revela motivo crime

Acusado de matar ex na frente do filho em MT revela motivo crime


Ao se apresentar a delegacia da Polícia Civil na manhã desta segunda-feira (9), o acusado teve o mandado de prisão preventiva cumprido

O pedreiro Emanoel Barbosa, de 30 anos, preso na manhã desta segunda-feira (9) após se entregar e confessar ter assassinado a ex-companheira Fabiana de Almeida da Costa, de 16 anos, em Diamantino (208 km de Cuiabá), alegou que o crime foi cometido em razão de suposta traição da vítima.

A informação foi repassada à imprensa pelo advogado do acusado, identificado apenas como Marcos.

"Ele disse que ela cadastrou no celular dela um aplicativo de rede social utilizando o e-mail dele, por conta da idade dela. Daí quando ele abriu o e-mail dele, descobriu que ela estava traindo-o”, disse a defesa, em coletiva de imprensa.

De acordo com o advogado, o casal chegou a se separar, mas Fabiana teria começado a ameaçar Emanoel, dizendo que cometeria uma besteira com o filho caso eles não reatassem. Segundo contou, o casal voltou a namorar, mas, dias depois, o pedreiro teria descoberto novas traições de Fabiana.

No dia anterior ao crime ele contou que viu uma troca de mensagens da jovem com outra pessoa, que teria enviado até fotos indelicadas.

“Ele me disse que estava em outro município quando descobriu a traição. Depois ele foi até um bar, onde começou a beber, o que teria motivado mais ainda seu ódio. Daí ele invadiu a casa dela e aconteceu o crime”, contou o advogado.

Fabiana foi morta na noite de quarta-feira (4), na casa onde morava com a avó, localizada na Travessa da Saúde do bairro Pedregal. No local estava o filho do casal, de um ano e 11 meses, que foi encontrado coberto pelo sangue da mãe.

Apesar da brutalidade do crime, o advogado destacou que Emanoel “não tenho processo contra ele, é trabalhador, tem residência fixa na cidade e esse caso foi isolado na vida dele”. “Isso não justifica o que ele fez. Tanto que ele responderá pelos seus crimes", completou.

Mesmo não tendo sido preso em flagrante, Emanoel tinha contra si um mandado de prisão preventiva decretado, que foi cumprido quando ele se entregou na delegacia. Agora ele deverá responder pelo crime na cadeia.

De acordo com o delegado Gilson Silveira, ele responderá por homicídio qualificado e poderá pegar mais de 30 anos de prisão.

Relembre o crime

A adolescente foi assassinada a golpes de faca na frente do filho de menos de 1 anos e da avó. Para a Polícia Militar a idosa contou que estava deitada quando ouviu a neta gritar por socorro.

Quando ela foi ver o que estava acontecendo viu o pedreiro esfaqueando Fabiana. O filho do casal estava do lado da vítima e ficou coberto com o sangue dela. Apesar disso, o menino não se feriu.

 

 

DAFFINY DELGADO
DA REDAÇÃO

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS