Português Italian English Spanish

Acusado de torturar e filmar morte de namorada é condenado a 21 anos de prisão

Acusado de torturar e filmar morte de namorada é condenado a 21 anos de prisão


25/06/2021

Tribunal do Júri realizado em Cuiabá nesta quinta-feira (24) condenou Maycon Junior da Silva Dantas à pena privativa de liberdade de 21 anos de reclusão, no regime inicialmente fechado, pelo feminicídio praticado em face de Vanessa Tito Poquiviqui, 21, crime ocorrido em 31 de janeiro de 2018, no bairro Três Barras, em Cuiabá. Na ocasião, Maycon filmou a vítima agonizando e divulgou em redes sociais.

Segundo os autos, A vítima morava há cerca de um mês com o namorado. Maikon Junior da Silva Dantas, à época com 30 anos, já tinha quatro passagens criminais, sendo três por violência doméstica, com três mulheres diferentes, mas nenhuma contra Vanessa.

A jovem foi localizada pela mãe do suspeito, que acionou a Polícia. A equipe de plantão da Delegacia de Homicícios (DHPP) encontrou a jovem na cama do quarto do casal, apresentando lesões no rosto, um corte de faca no supercílio e outro corte superficial no queixo.
 
Segundo divulgado pela Polícia Civil na época do crime, um vídeo foi publicado pelo suspeito em suas redes sociais, onde mostrava a vítima agonizando antes da morte. Caso foi julgado pela Primeira Vara Criminal de Cuiabá.

 

 

Da Redação - Arthur Santos da Silva

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS