Português Italian English Spanish

Investigado por armazenar vídeos de pornografia infantil é preso suspeito de estuprar o irmão de 12 anos e gravar o crime, em Goiânia

Investigado por armazenar vídeos de pornografia infantil é preso suspeito de estuprar o irmão de 12 anos e gravar o crime, em Goiânia


Policiais encontraram 5 mil gravações envolvendo crianças nuas no celular dele. Segundo a delegada, menino começou a apresentar transtornos mentais e teve de usar remédios controlados após os abusos.

Um homem de 33 anos, investigado por armazenar vídeos de pornografia infantil, foi preso suspeito de estuprar o próprio irmão, uma menino de 12 anos, em Goiânia. Segundo a Polícia Civil, vídeos do crime foram encontrados no celular dele junto a outras 5 mil gravações envolvendo crianças nuas.

O nome do investigado não foi divulgado pela corporação. Portanto, o G1 não conseguiu localizar a defesa dele para que pudesse se posicionar sobre as acusações. Até a manhã desta segunda-feira (7), o suspeito ainda não havia sido interrogado sobre os fatos.

O homem foi preso no último domingo (6), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. Segundo a delegada Sabrina Leles, o suspeito já havia sido preso em flagrante, em abril deste ano, quando policiais encontraram o conteúdo pornográfico no celular dele. No entanto, poucos dias depois, segundo a investigadora, ele foi solto e passou a responder ao processo em liberdade.

Conforme a delegada, assim que a equipe da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Cibernéticos (DERCC) começou a analisar o conteúdo encontrado no celular dele, os policiais verificaram que entre as imagens tinham algumas gravações do investigado violentando um menino que apresentava semelhança física com ele.

“Foi verificado que as imagens do abuso sexual teriam sido produzidas pelo próprio criminoso, na época em que seu irmão tinha apenas 7 anos de idade. Familiares relataram que, após essa idade, o menino começou a apresentar transtornos mentais e hoje faz uso de remédios controlados”, afirmou a delegada.

Após ser preso, o homem foi encaminhado ao Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia. De acordo com a delegada, ele deve responder pelos crimes de estupro de vulnerável e por compartilhar e armazenar imagens pornográficas infantis.

G1 GO

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS