Português Italian English Spanish

Mendes rebate Emanuel e faz alusão ao caso paletó; veja vídeo

Mendes rebate Emanuel e faz alusão ao caso paletó; veja vídeo


Governador lembrou que prefeito era deputado à época e fez alusão a vídeo com susposta propina

O governador Mauro Mendes (DEM) rebateu o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) após ser acusado de ter agido com omissão quando era gestor da Capital, na época da realização das obras da Copa. Emanuel afirmou que Mendes permitiu, na ocasião, que obras sem qualidade fossem executadas no Município.

Durante evento na manhã desta sexta-feira (19), o governador citou que Emanuel ocupava o cargo de deputado estadual durante o governo Silval Barbosa, inclusive sendo membro da Comissão de Fiscalização das Obras da Copa na Assembleia Legislativa, e teria avalizado os projetos, à época.

“Ele era presidente da Comissão de Fiscalização e permitiu que o Governo [fizesse isso]”, disse.

Mendes foi além e ainda debochou do desafeto político, fazendo gestos em alusão ao polêmico "caso paletó", pelo qual o prefeito responde a processo na Justiça Federal – veja o vídeo do governador no final da matéria.

A ação refere-se à denúncia onde o prefeito aparece em vídeo guardando maços de dinheiro dentro do paletó, pagos pelo ex-chefe de gabinete de Silval, Sílvio Cézar Corrêa, que seriam supostamente propina para “garantir governabilidade”.

“Quem fiscalizava o governo [Silval] era ele, deputado. Ele não fiscalizou e [abre o paletó e coloca a mão no bolso]”, disse Mendes.

“Obras porcarias”

Segundo Emanuel, enquanto prefeito de Cuiabá, Mendes teria deixado o então Governo do Estado “arrebentar a cidade”.

“Agora está querendo corrigir e lançar como grande obra dele o que ele deixou fazer quando era prefeito”, disse.

A declaração foi dada quando o prefeito foi questionado sobre a Trincheira Jurumirim, na Avenida Miguel Sutil, que deve passar por uma reforma executada pelo Governo de Mato Grosso. 

Segundo anunciado, os reparos teriam início no dia 8 de março, o que foi rechaçado por Emanuel.

“No dia 8 de março, não vão começar. Exatamente para não fazer o que foi feito no passado. Por não haver esse zelo no Governo deles no passado, que entregou essa porcaria aí”, disse.

Veja o vídeo:

LISLAINE DOS ANJOS E CÍNTIA BORGES
DA REDAÇÃO

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário


 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS