Português Italian English Spanish

TJ nega soltar homem que aplicou golpe do plano de saúde

TJ nega soltar homem que aplicou golpe do plano de saúde


31/07/2020

A Primeira Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso negou o pedido de habeas corpus do homem que aplicou golpes em, pelo menos 17 vítimas em Rondonópolis (212 km ao sul da Capital). R.D.A.M. vendia falsos planos de saúde e com os dados pessoais fazia empréstimos no nome das vítimas.

Ele está preso desde 26 de junho, na Operação Fidere, em Rondonópolis. A estimativa da Polícia Civil é que o golpe tenha movimentado R$ 300 mil em dois anos em cidades na região sul do estado.

A defesa do suspeito alegou a "ausência de indicativos que o paciente deve receber tratamento diferenciado diante da pandemia de covid-19", para conseguir o habeas corpus, porém, para o relator do caso, o desembargador Orlando Perri, o risco de que ele volte a cometer os golpes justifica a manutenção da prisão.

"A gravidade da conduta, exposta no modus operandi adotado na consecução criminosa - agente que se passar por vendedor de plano de saúde para ter acesso aos dados pessoas de muitas vítimas, e agia em vários municípios do estado -, alinhada à reiteração delitiva do paciente, constitui argumento idôneo que justifica a segregação cautelar", diz trecho da decisão.

O relator enfatiza ainda que "predicados pessoais favoráveis não são suficientes para rever a ordem de prisão, quando presentes os requisitos que a autorizam".

 

 

 

Thalyta Amaral

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS