Português Italian English Spanish

Mendes nega promoção de policial acusado de chantagear suspeito

Mendes nega promoção de policial acusado de chantagear suspeito


19/05/2020

O governador Mauro Mendes (DEM) negou a promoção do subtenente da Polícia Militar F.C.M. após decisão da Comissão de Promoção de Oficiais. O militar é acusado de chantagear um dos alvos da Operação Convescote, em 2017.

 

 

 

 

 

 

Segundo despacho do governador, a comissão negou, por unanimidade, o acesso ao quadro de promoção. Em 2019 o policial se tornou réu após ser acusado de tentativa de extorsão por um dos investigados na Operação Convescote.

F. trabalhava no Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) e foi acusado de favorecer um dos investigados da organização criminosa que desviou dinheiro da Assembleia Legislativa. Ele chegou a ser preso em 2017, mas foi solto cerca de 3 meses depois.

As investigações apontaram que o policial cobrou R$ 10 mil do empresário para entregar documentos sigilosos de uma investigação contra a empresa. A tentativa de extorsão teria ocorrido por meio de mensagens no WhatsApp.

O empresário contou em seu depoimento que as ameaças começaram em 2016, primeiro no celular da esposa e depois no dele. Nas mensagens, a pessoa afirmava que tinha documentos e fotos referentes à uma investigação contra o empresário e que poderia ajudá-lo por R$ 10 mil.

 

 

Thalyta Amaral

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS