Português Italian English Spanish

Diarista baleada por PM faz reconstrução do maxilar e tem bala alojada na coluna

Diarista baleada por PM faz reconstrução do maxilar e tem bala alojada na coluna


29/01/2020

A diarista Elizangela de Moraes, de 45 anos, que está internada desde o dia 17 de janeiro após ter sido baleada no rosto e na nuca por um policial militar, em Sorriso (a 397 km de Cuiabá), passou por uma cirurgia de reconstrução do maxilar ontem (27) e ainda não tem previsão de receber alta médica.

 

 

 

 

 

 

Os médicos também optaram por não retirar uma das balas que ficou alojada a dois centímetros da coluna vertebral, já que o procedimento representa riscos de vida e pode deixá-la tetraplégica. Ao RDNews, o advogado da diarista, Jiuvani Leal, explicou que ela ainda está em choque. 

A Polícia Civil já encerrou o inquérito que indicia Ezio Souza Dias e Weberth Batista Ribeiro, que continuam detidos, por homícidio tentado. Conforme Jiuvani, a expectativa é que o Ministério Público Estadual (MPE) denuncie os soldados da PM com duas qualificadoras: recurso que dificultou a defesa da vítima e motivo fútil. 

O namorado de Elizangela, Oswaldo Neto, explicou que eles comemoravam cinco meses de relacionamento na noite do crime, quando os PMs passavam pela mesma rua onde eles aguardavam a chegada de um Uber e começaram as agressões. O mecânico ressaltou que ambos não conheciam os suspeitos. 

Segundo o advogado, a diarista já reconheceu os dois PMs e apontou que o responsável pelos tiros teria sido Ezio, enquanto Weberth, que responde a um processo por extorsão contra um empresário do município, ficou responsável pelas agressões. 

"Quando conversei com ela, antes da cirurgia, ela [a vítima] chorava muito. Ela afirmou não conhecer os agressores. A família está muito abalada, o tempo todo chorando e querendo que tudo isso passe logo", contou Jiuvani. 

Câmera registrou o crime 

A ação dos PMs foi registrada por uma câmera de segurança da rua. A filmagem mostra os dois sentados em um banco. Abraçados, ambos ficaram no local por alguns minutos até a dupla de soldados se aproximar. Um deles, rapidamente, faz o primeiro disparo e continua andando normalmente, enquanto o outro passa a agredir o casal.

Em determinado momento, Oswaldo entra em luta corporal com um dos suspeitos, quando o primeiro soldado retorna para a cena e dispara mais uma vez contra a diarista, que cai no chão imediatamente. Os militares passaram por audiência de custódia na 1ª Vara Criminal de Sorriso na semana passada e tiveram a prisão em flagrante convertida em preventiva pela juíza Emanuelle Chiaradia Navarro Mano.

 

 

Bruna Barbosa

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS