Português Italian English Spanish

Juiz mantém prisão de 4 acusados de roubo a casa de deputada de MT

Juiz mantém prisão de 4 acusados de roubo a casa de deputada de MT


31/12/2019

O juiz Wladymir Perri, da Terceira Vara Criminal de Cuiabá, manteve a prisão dos quatro acusados de envolvimento no roubo à residência da deputada estadual Janaina Riva (MDB), no dia 24 de dezembro.

 

 

 

 

 

 

 

São eles: Weslei Tiago de Arruda da Silva, de 24 anos, Edivaldo Manoel Santana de Arruda, de 35, Leidiane Santana de Arruda, de 27, e Mirian Maíra da Silva, de 20.

Conforme a assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça, o magistrado converteu a prisão em flagrante em preventiva, durante audiência realizada na quarta-feira (25).

As mulheres foram encaminhadas para a Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May e os homens para a Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá.

O roubo ocorreu na madrugada de terça-feira (24). Na ocasião, dois assaltantes invadiram a casa onde estavam a deputada e o marido dela, o empresário Diógenes Fagundes, filho do senador Wellington Fagundes (PL).

Horas depois a Polícia Militar prendeu os quatro suspeitos de participarem do roubo. Além das prisões, a Polícia conseguiu recuperar R$ 42 mil em dinheiro, que os ladrões haviam roubado da casa da parlamentar.

O roubo

Diógenes contou a policiais militares que eles acordaram já com dois bandidos armados dentro do quarto, apontando uma arma e anunciando o assalto.

A casa da deputada possui câmeras de segurança, que flagraram o momento em que a dupla invadiu o local. Conforme o relato, as imagens mostram que os assaltantes não tiveram dificuldade em abrir o portão eletrônico porque possuíam um controle clandestino do portão.

O BO relata ainda que os bandidos agiam de forma truculenta e agressiva, exigindo dinheiro e joias do casal.

Segundo o marido de Janaina, os assaltantes ficaram na casa por cerca de 10 minutos.

Após a fuga, a Polícia Militar foi acionada e, por meio de rastreamento da tornozeleira eletrônica de Weslei Tiago, descobriu que ele estava próximo ao Trevo do Lagarto, em Várzea Grande. No entanto, pouco tempo depois o objeto foi danificado e ele não foi localizado.

Mais tarde a polícia conseguiu localizar e prender os quatro suspeitos.

O casal reconheceu o criminoso, por foto, como sendo um dos autores do roubo.

 

 

Midia News

  Seja o primeiro a comentar!

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Envie seu comentário preenchendo os campos abaixo

Nome
E-mail
Localização
Comentário

Banner Superior Esquerda

Banner Central Esquerda

Banner Inferior Esquerda

 

 
 

 

 

COLUNAS E OPINIÃO

Blog do Samy Dana

Colunista O Repórter do Araguaia

Gerson Camarotti

Colunista O Repórter do Araguaia

 

VÍDEOS

 

Acesse nosso Canal no Youtube

 

NOSSOS PARCEIROS